Compliance

 

A Allianz Brasil é uma organização pautada em princípios éticos e considera a transparência e a integridade elementos fundamentais para a condução de seus negócios. Quanto mais sólida a cultura ética de uma empresa e de seus colaboradores, menor será a incidência de irregularidades e ilícitos.

Por meio de um consistente Programa de Compliance que engloba 10 práticas de conformidade e um robusto Código de Ética e Conduta, a Allianz Brasil estabelece os padrões mínimos nos quais todos os colaboradores e prestadores devem pautar suas atitudes. 

São princípios éticos, de conduta e integridade que servem como guia para prevenir situações que possam trazer prejuízos à reputação e credibilidade da Allianz.

As atividades desempenhadas pelo Compliance Allianz estão subdivididas em 10 Pilares Estratégicos:

Aculturamento

O respeito às normas, conduta ética, transparência e integridade são hoje pressupostos de uma organização sustentável e moderna. 
Alinhamento Global

Por se tratar de uma empresa global a Allianz está sujeita à imposições de diversos reguladores e jurisdições internacionais. 
Conformidade Regulatória

Para a Allianz é fundamental estar em conformidade com os órgãos reguladores locais e internacionais que afetam suas atividades, bem como com as normas e procedimentos internos.
Controles Internos de Compliance

A elaboração e acompanhamento de controles preventivos que evitem a concretização de cenários de risco é o escopo do trabalho desta frente.
Prevenção à Fraudes

A prevenção a fraudes na Allianz é composta por 4 grandes pilares, detalhados abaixo: protocolo interno, conscientização, análise de dados e avaliação de risco de fraude.
Treinamento

O Treinamento visa fornecer a base para o entendimento do compliance, por meio da demonstração das formas de seu cumprimento e do suporte à sua aplicação. 
Comunicação Ostensiva

O objetivo da Comunicação ostensiva é nortear as condutas do dia a dia e posicionar os colaboradores sobre assuntos internos ou externos relacionados à compliance, além de estimular a utilização do canal de sugestões e denúncias. 
Avaliação de Riscos de Compliance

A atuação dessa frente possibilita à Allianz tratar com eficácia eventuais incertezas, bem como os riscos e oportunidades a elas associadas, o objetivo otimizar a governança e aumentar o potencial dos seus administradores gerando valor aos stakeholders.
Auditoria Interna / Externa

O compliance atua de forma a embasar e auxiliar os trabalhos tanto na auditoria interna como na auditoria externa. Sempre conservando um olhar crítico e participativo.
Monitoramento

Para o sucesso do programa de compliance, o gerenciamento de riscos de uma organização precisa se readequar com o passar do tempo. 
                                    Para saber mais consulte o nosso Código de Ética e Conduta, disponível aqui

É o principal meio de comunicação para denúncias de condutas irregulares, inadequadas, desonestas ou ilegais, as quais poderão ser realizadas de forma anônima ou identificada.

O denunciante que optar por não se identificar tem a garantia do anonimato. Caso o denunciante opte por se identificar tem a garantia da preservação de sua identidade e resguardado qualquer tipo de retaliação.

 

Todos os dias, tanto na vida pessoal, quanto na vida profissional, é preciso agir e tomar decisões de acordo com seus princípios e valores internos.  Mas o que significa aplicar esses princípios e valores na prática? Sobre este tema que o Grupo Allianz, por meio da Campanha de Integridade, propôs uma reflexão, pois o que faz uma empresa íntegra são pessoas íntegras.

Considerada como o principal pilar, a integridade é formada por nós e por nossos valores. Com o slogan Think, Trust, Decide, a iniciativa procura estimular que todos tomem sempre decisões baseadas em seus próprios valores internos de honestidade e retidão.

Think: pense antes de agir.
Trust: Confie nos seus valores internos.
Decide: Decida fazer a coisa certa.

Com essas orientações, a campanha valoriza o conhecimento e as experiências individuais e procura estimular a interação e a troca. Veja as declarações de alguns dos participantes: